Últimas notícias, matérias ,fotos de Parelhas e Região com Macos Silva

Seja um de nossos seguidores

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5  - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN
Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 De: R$ 1.898,00 Por: R$ 1.598,00 Parelhas RN

quarta-feira, 2 de março de 2011

MILITARES SÃO RECOLHIDOS E POLÍCIA CIVIL DIZ NÃO TER CONDIÇÕES DE INVESTIGAR CRIMES EM PARELHAS

A situação na segurança de Parelhas é mais preocupante do que podemos imaginar. A equipe de investigação da polícia civil, uma das mais elogiadas da região, por suas recentes ações, praticamente cruzou os braços. Um dos policiais lotados na delegacia confidenciou ao Blog, que além do pouco número de profissionais - são três agentes para darem plantão diário na delegacia e manterem o setor investigativo funcionando -, os policiais ainda reclamam de uma possível falta de sintonia com o Judiciário. "Às vezes demoramos meses para "levantar" um serviço, filmar comportamentos duvidosos de criminosos, mas quando chegamos à Justiça, quase nada que produzimos serve de elemento para manter a pessoa presa", reclamou um dos policiais, que lamentou hoje em Parelhas, os direitos dos criminosos serem mais preservados, do que os dos próprios policiais.
Desde que os três policiais militares que estavam cedidos para a equipe de investigação da Polícia Civil, foram recolhidos ao quartel da cidade, que não se investiga mais nada na cidade. O policial negou ao Blog que seja em sinal de protesto. "É por falta de condições mesmo. Somos um efetivo muito pouco, e temos que nos virar para tirar plantão em delegacia, ficando quase impossível dar seqüência as investigações de crimes na cidade", disse. Em contato com o Blog, o comandante da PM de Parelhas, Tenente Quirino disse que apenas ter respeitado a lei, já que nenhum policial militar pode estar em desvio de função, e que sempre existiu, e se depender dele, vai manter a parceria com a Polícia Civil, realizando o trabalho preventivo, que é da competência da Polícia Militar.
Fonte : Marcos Dantas

0 Comentário - Deixe seu Comentário: