Últimas notícias, matérias ,fotos de Parelhas e Região com Macos Silva

Seja um de nossos seguidores

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5  - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN
Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 De: R$ 1.898,00 Por: R$ 1.598,00 Parelhas RN

sábado, 5 de fevereiro de 2011

TORCIDA DO CORINTHIANS DERRAMA CHAMPANHE E INTIMIDA RONALDO NO CT


Ronaldo apareceu no estacionamento do CT Joaquim Grava, onde alguns automóveis danificados por torcedores do Corinthians ainda estavam estacionados, sem as suas roupas de treinos no final da tarde desta sexta-feira - o restante do elenco treinava no gramado e na academia. Mas logo precisou retardar o seu retorno para casa.
Naquele momento, um grupo de mais de 20 torcedores organizados se penduravam nas grades do CT para protestar - principalmente contra Ronaldo. Derramavam garrafas de champanhe na grama para ironizar o astro. "É disso que você gosta, seu safado!", gritou um dos manifestantes.
Orientado pelos seguranças do Corinthians, que ganharam o reforço do batalhão de choque da Polícia Militar (PM) para evitar confusões, Ronaldo desistiu de sair do CT naquele momento. Precisou se recolher, sob foguetório e os gritos inflamados dos torcedores: "Ronaldo, c..., fora do Timão!".
O atacante não foi o único alvo do protesto. O lateral esquerdo Roberto Carlos acabou chamado de "pipoqueiro". O técnico Tite também foi ofendido. A principal queixa dos torcedores, de um modo geral, é contra a falta de disposição do Corinthians na vexatória eliminação na pré-Libertadores, contra o Tolima, na Colômbia. "Ai, que saudade, do tempo em que o Timão jogava com vontade!", rimaram. "Timão é tradição! Não pode ter c...!", acrescentaram, em coro.
A diretoria do Corinthians, presidida por Andrés Sanchez, também não foi perdoada. Membros de torcidas organizadas não aceitam o excesso de atenção dado ao departamento de marketing, em oposição ao futebol. "Doutor, eu não me engano, planejamento é roubar corintiano!", cantaram os revoltados.
A manifestação atraiu a atenção da imprensa, que deixou de registrar imagens do treinamento do Corinthians para fotografar e filmar a ação da torcida. Quando os profissionais foram afastados por um cordão humano feito por seguranças do clube, os manifestantes berraram ainda mais alto.

0 Comentário - Deixe seu Comentário: