Últimas notícias, matérias ,fotos de Parelhas e Região com Macos Silva

Seja um de nossos seguidores

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5  - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN
Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 De: R$ 1.898,00 Por: R$ 1.598,00 Parelhas RN

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

NOVE JOGADORES QUE SURGIRAM NO CENTENÁRIO DE PARELHAS SÃO NEGOCIADOS

O Centenário de Parelhas mostrou que vale a pena fazer um investimento a mais e jogar uma competição profissional. Em 2010, o clube disputou pela primeira vez o Campeonato Potiguar da Segunda Divisão e conseguiu exportar diversos atletas para equipes de maior porte. 
“Não fizemos uma campanha como sonhávamos, mas foi muito bom participar do futebol profissional. Em muitos anos de história como amadores, não conseguimos fazer um trabalho tão consistente de exportar atletas, como nesses meses de Segundona”, declarou o presidente do clube, Francisco Valentim, o Chicola. 
Nove jogadores utilizam a vitrine dada para o Centenário para atuar em equipes profissionais nesta temporada. Os goleiros Lano e Índio e o atacante Renildo foram para o Centenário de Pau dos Ferros. O volante Petinha, os meias Ulânio e Mazinho, além do atacante Emanuel foram para o Nacional de Patos. O zagueiro Júnior Potiguar foi para o Alecrim. 
Mas o jogador que ganhou mais destaque foi o atacante Daivison. O jovem valor de 18 anos disputou a Copa São Paulo de futebol sub-18 pelo América de Natal e marcou três gols, despertando o interesse de equipes de expressão, como a Ponte Preta. 
Outros jogadores que estavam no Centenário já eram rodadas e tem espaço no mercado do futebol. Todos esses também se empregaram em equipes que disputam o Campeonato Potiguar. O atacante Didi Potiguar está no Santa Cruz. O volante Roquete se transferiu para o Coríntians de Caicó. Enquanto o volante Odair está defendendo o Potiguar de Mossoró.

0 Comentário - Deixe seu Comentário: