Últimas notícias, matérias ,fotos de Parelhas e Região com Macos Silva

Seja um de nossos seguidores

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5  - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN
Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 De: R$ 1.898,00 Por: R$ 1.598,00 Parelhas RN

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

BOMBEIROS ACREDITAM QUE QUASE MIL PESSOAS FORAM VÍTIMAS DAS INUNDAÇÕES DE JUCURUTU


Registro da semana passada e oito dias depois das inundações - Foto: Bombeiros de Caicó
Pode chegar a mil o número de vítimas com as inundações, provocadas pelas fortes chuvas caídas na semana passada, em todo o município de Jucurutu. Problemas no sistema de bombas do dique de proteção, construído para proteger as famílias que moram no Conjunto DNOCS, Vila Isabel e outras, do Rio Piranhas, que corta a cidade. As chuvas de mais de 200 milímetros paralisaram o funcionamento de bombas, ocasionando uma pane no escoamento da água, que rapidamente invadiu as residências do bairro. Na tarde desta terça-feira (01), o comandante interino do Corpo de Bombeiros de Caicó, Tenente Araújo esteve no local, e a cena presenciada foi bem diferente da que estampou blogs e os principais veículos de comunicação de todo o Estado. Mas mesmo assim, na avaliação dele, os prejuízos vão demorar a serem superados, já que muitas familiares perderam móveis e tiveram conseqüências na estrutura das residências, como pisos arrancados e rachaduras.
De acordo com Tenente Araújo, os dados oficiais da Secretaria de Obras de Jucurutu, apontam para um número de 920 pessoas, entre desalojados e deslocados que foram atingidos em todo o município. As bombas, que foram levadas para conserto em uma empresa especializada, estavam sendo aguardadas na noite de ontem para que fossem testadas. Uma equipe de Fortaleza está vindo fazer uma manutenção nas comportas do dique. Ele disse que 50% das famílias do bairro já voltaram para suas residências. O único problema enfrentado por elas vem sendo com o fornecimento de água potável, diferente da energia elétrica que já foi religado pela Cosern.
Se o local pode enfrentar problema semelhante, caso ocorram novas chuvas, o tenente não reluta: "Dependendo da intensidade da chuva, pode voltar a acontecer o mesmo problema. Mas eu creio, que devido as comportas estarem abertas, vai dar vazão suficiente para escoar toda água que venha a se acumular no local. Mas tem outro problema, caso o Rio Piranhas venha a encher, gera outro problema", alertou.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DAS INUNDAÇÕES E SITUAÇÃO ATUAL DE JUCURUTU

0 Comentário - Deixe seu Comentário: