Últimas notícias, matérias ,fotos de Parelhas e Região com Macos Silva

Seja um de nossos seguidores

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN

Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5  - Aproveite 84 9967-8543 Parelhas RN
Classificados: Notebook Samsung Intel® Core® i5 - Aproveite 84 9967-8543 De: R$ 1.898,00 Por: R$ 1.598,00 Parelhas RN

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

ROSALBA DIZ QUE PRIORIDADE AGORA DO GOVERNO É AJUDAR AS PESSOAS ATINGIDAS PELAS ENCHENTES EM JUCURUTU

Depois de sobrevoar a região alagada de Jucurutu, a governadora Rosalba Ciarlini, acompanhada pelo secretário de Estado da Justiça e da Cidadania, Thiago Cortez, e da secretária de Estado da Infraestrutura, Kátia Pinto, foi recebida pelo prefeito do município, Júnior Queiroz.
A comitiva visitou os locais mais graves para ter uma visão mais clara da situação. As chuvas que caíram no último domingo (23) e só pararam na madruga da segunda-feira (24), provocaram grandes estragos no bairro Vila Santa Izabel e no Conjunto do DNOCs. Ao todo, 135 casas foram inundadas.
Segundo informações do prefeito Júnior Queiroz, o problema de alagamento no município é antigo, mas nunca tinha acontecido nas proporções atuais. “Já foram registrados vários alagamentos no Conjunto do DNOCs, só que antes eram atingidas apenas 15 casas. Tanto que o órgão está construindo 15 moradias para transferir essas famílias, em um terreno doado pela Prefeitura, mas as obras estão paralisadas por causa de entraves burocráticos”, disse. O prefeito revelou também que o DNOCs colocou diques de contenção de água e três bombas para evitar problemas como o que aconteceu. “Só que o DNOCs não vem realizando a manutenção nem vem acompanhando a situação desses equipamentos”, denunciou Junior Queiroz. “Comuniquei diversas vezes ao órgão que a manutenção nas bombas e nos diques deveria ser feita com frequencia, mas nunca fui ouvido’, completou.
Na manhã desta quarta-feira (26), o nível das águas já tinha baixado um pouco. Mas o sufoco passado pelas famílias foi grande. A Defesa Civil do Estado trabalhou duro para ajudar as vítimas. “Foi preciso dois mergulhadores do Corpo de Bombeiros para abrir à força as comportas para escoar as águas”, informou o secretário Thiago Cortez. Ele disse que o Corpo de Bombeiros está fazendo um relatório para identificar as causas do incidente. O documento será enviado ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público Federal para cobrar providências urgentes do DNOCs.

0 Comentário - Deixe seu Comentário: